quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Onde você está?

Sabe quando as pessoas te falam "aproveita, curte, porque crescem rápido"? Você já parou para pensar nisso? Já teve a sensação que uma fase já se foi e você não curtiu tanto, não aproveitou...? Procurando agora uma gravação no meu celular, encontrei algumas dos meus filhos. Uma delas do meu mais velho quando tinha 6 anos, conversando, falando do que queria estudar, que seria um cientista... Uma outra do caçula, que ainda era bebê e ouvia sua risada tão gostosa! Nossa, tive a nítida sensação de que deixei de curtir verdadeiramente uma fase. Hoje entendo a razão! Curtir não significa estar em "corpo presente", mas estar INTEIRO no momento presente.
Eu estava 24 horas por dia com meu filho, fisicamente, mas a maior parte do tempo eu não estava verdadeiramente ali, porque minha mente estava o tempo todo no passado ou no futuro. Eu passava o tempo todo me martirizando por coisas que haviam acontecido, como o emprego que eu perdi, ou em pânico e tensão pensando no futuro, como iria resolver minha vida financeira. Isso tomava conta da minha cabeça quase 24 horas por dia, o que me fez perder o prazer e alegria de pequenos momentos como esses.
Que vontade de voltar o tempo e começar de novo! Estar verdadeiramente PRESENTE com meus filhos, ouvir aquela risada tão gostosa! Só de pensar, já estou chorando, que saudade e remorso.
Não somos perfeitas, vamos aprendendo durante nossa jornada. Agora, me resta limpar esse sentimento do que já passou e fazer diferente a partir de agora, porque sempre é tempo! Hoje tenho outra consciência. E você, como vive seus dias? Está verdadeiramente PRESENTE?

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Por que a maternidade?


Outro dia minha amiga escreveu um texto para colocarmos no blog sobre o que nos leva a querer ter filhos, por que optamos pela maternidade? E quer saber? Eu acho que independente da razão dessa escolha, se a idade, a sociedade, carência, não importa... ninguém tem a REAL noção do que será essa jornada, só vivendo para entender. E com mais de um filho é bem diferente!!
Eu enlouqueço tanto com meus dois meninos, que às vezes penso que não nasci para a maternidade. Meu Deus, que loucura é isso! Eu dou a minha vida por eles, amo além do que você possa imaginar, mas às vezes tenho vontade de abrir a porta e ir embora. Eu trabalhei por 15 anos em indústria, até os 05 anos do meu filho mais velho, quando nasceu o segundo. Até então, o Nikolas (o mais velho) ficava em período integral na escola. De repente, estava eu sem emprego e em período integral com meus filhos! Uma nova vida, de muitas "aventuras" pela frente. Muito amor e muita loucura. Às vezes penso, e se eu não tivesse tido filhos, como seria? Com certeza eu teria liberdade para fazer muitas coisas, não passaria por um turbilhão de sentimentos e não teria com frequência a vontade de procurar um psiquiatra (rsss)! Provavelmente eu teria uma vida mais tranquila, mas eu não seria quem eu sou hoje! Foi a maternidade que me trouxe até aqui, que me transformou, que me ensinou a ver a vida com outros olhos. Me ensinou o que é amor incondicional, e constantemente me força a desenvolver habilidades nem sempre fáceis. Ainda tenho uma longa caminhada pela frente. Os meus hoje estão com 9 e 4 anos. A minha vida sem eles não teria a mesma cor!
Se você está na dúvida sobre a maternidade, só tenha consciência se está disposta ou não a encarar essa jornada. É como uma roseira, linda, mas tem espinhos! Tenha consciência que precisará de dedicação, amor e muita paciência! Que seja uma decisão consciente e SUA, não dos seus familiares, da sociedade... porque é VOCÊ quem será a mãe para o resto da vida! Não tenha filhos para delegar à outros a responsabilidade pela educação. Se sua opção for pela maternidade, bem vinda ao clube!! Que você tenha uma linda caminhada! Mas se você acha que ainda não está preparada, siga sua vida em PAZ!!!

domingo, 24 de novembro de 2019

Como nasceu o blog

No final de 2018 minha mãe ficou internada por alguns meses e eu ficava com ela no hospital no período da manhã. Por um tempo ela não interagia muito, mas eu sempre contava pra ela os "causos" dos meus filhos, cada dia era uma história rsss. Um dia, ela já interagindo, falei pra ela que eu iria escrever um livro que chamaria "sobreVIVER a maternidade" e que nesse trabalho faria entrevistas com mães de pelo menos dois filhos. E ela seria minha primeira entrevistada, já que tem 5 filhos!! E até o final do livro eu teria que encontrar a luz no fim do túnel rsss. Isso pra entender o que faziam, porque às vezes eu achava que iria enlouquecer! Ela achou engraçado, mas gostou da ideia. Até a enfermeira que estava acompanhando gostou! Quando compartilhei com a minha amiga Andréa, ela adorou e acabou se tornando parte integrante desse lindo projeto! Bem, até que este livro se torne realidade, minha cunhada Edmeire deu a ideia de fazer um blog. Achei um bom caminho para começar essa jornada! E aqui estamos, com muito amor e carinho, para compartilhar nossas experiências e reflexões sobre o grande desafio da maternidade!

Bem vindas!


Queremos nesse espaço compartilhar nossas experiências como mãe e como temos enfrentado os desafios. Aliás, a maternidade com certeza é um dos maiores desafios de nossas vidas!!!
Tem coisas que só entendemos quando vivenciamos, e a maternidade é uma delas! Por mais que você tenha ideia do que te espera, só vivendo pra saber! As pessoas se preparam pra tanta coisa, fazem cursos, faculdades, anos estudando para uma profissão. Agora, você já viu alguém se preparar assim para a maternidade!? Se tivessem a real noção do que isso significa, do desafio, da responsabilidade com outro ser, com a humanidade, com o universo...o mundo seria diferente! Torcendo pra esse dia chegar, para que o mundo seja melhor!

Te convidamos para acompanhar um pouco de nossas experiências e reflexões. Que possamos através desse canal, contribuir com algo de bom para sua vida! Obrigada por estar aqui!!!
Luciana e Andréa